Pesquisa Aegon sobre previdência revela potencial no Brasil

Pesquisa Aegon sobre previdência revela potencial no Brasil

A Aegon – uma das principais empresas de seguros e previdência no mundo – e parceira da Mongeral Aegon no Brasil lançou em 2015 a segunda edição da Pesquisa Aegon de Preparo para a Aposentadoria. O objetivo do estudo é avaliar o quanto as populações pesquisadas estão preparadas financeiramente para esta fase da vida.

A importância do brasileiro com a aposentadoria e a previdência privada

Dos 15 países analisados em 2015, o Brasil ocupa a segunda posição no índice de maior preparo para a aposentadoria, com 6,7. A Índia, que lidera o ranking, alcançou média de 7. A boa posição brasileira, no entanto, não reflete no preparo do indivíduo para aposentadoria, ao contrário, é produto do nosso abrangente sistema previdenciário público, pouco comum em outros países, nesse sentido verificamos a grande importância da previdência no brasil.

Otimistas, a maioria (52%) dos brasileiros espera que a economia do país e as suas finanças pessoais (68%) melhorem nos próximos 12 meses. Apenas 12% e 21%, respectivamente, acreditam que os cenários irão piorar.

Planeje-se

Os planos e aspirações dos brasileiros apontam para a necessidade de planejamento financeiro do futuro. Da base pesquisada, 76% esperam viajar, 62% passar mais tempo com a família e 51% estabelecer novos hobbies. A aposentadoria é vista como algo positivo, relacionada com liberdade (45%), lazer (44%) e alegria (30%).

A realidade da aposentadoria

Embora a visão da aposentadoria seja relacionada a boas experiências, a pesquisa revelou que apenas 28% estão muito ou extremamente confiantes com a tranquilidade financeira nesta etapa da vida. Este percentual, no entanto, tende a ser menor com o avançar da faixa etária pesquisada. Por sua vez, o índice dos não confiantes mostra-se inversamente proporcional.

Para pessoas de 55 a 64 anos, a falta de confiança atinge o patamar de 46%, e apenas 22% mostram-se muito ou extremamente confiantes. As mulheres são as mais pessimistas dentre todas as idades: 41% delas não estão confiantes com o futuro financeiro na aposentadoria.

O brasileiro tem o objetivo, mas não o plano

A maioria dos brasileiros se dizem muito conscientes com a necessidade de planejamento financeiro tendo a aposentadoria como objetivo. Na contramão destes dados, a pesquisa apontou que apenas 23% têm um plano por escrito e 28% não têm planos. Outros 47% afirmam que têm planos, mas não por escrito, baseado nesses dados percebemos o enorme potencial da previdência privada no brasil.

Este cenário revelado pela pesquisa da Aegon mostra que o corretor de seguros de vida e previdência tem uma grande margem de atuação no Brasil, pois é o responsável por conscientizar a população para a necessidade de planejamento em longo prazo através de soluções financeiras sob medida para cada um.

  • Publicado

    10 de setembro de 2015

  • Categoria

    Mercado